Os Filhos e o Mundo

Hoje tomei meu café com lágrimas e na minha boca amargava as saudades que sinto da minha mãe. Fiquei pensando em quantas vezes, desde que me tornei mãe, já escutei a frase “não pause sua vida pelos filhos pois eles um dia crescem” ou alguma variação dela, repetida, ainda que não intencionalmente, como uma forma disfarçada de escrutinizar e menosprezar a dedicação materna. Se cria filho pro mundo, todo mundo diz. As asas, as benditas asas. Eu sei, você sabe.


Não pausar a vida. Ideia curiosa essa já que ser mãe é viver eternamente de pausas. Por 9 meses (ou mais) a gente pausa o vinho. Por aproximadamente 40 dias (mas provavelmente bem mais) a gente pausa a vida sexual. Por muitas e muitas noites a gente pausa o sono. A gente pausa a reunião de trabalho, a ligação importante, a promoção. A gente pausa a poupança porque juntar dinheiro fica difícil. A gente pausa as refeições e os banhos. A gente pausa os planos de viagens, as saídas com as amigas, as idas ao cabeleireiro. A gente pausa o coração na preocupação e a gente pausa a própria vida pra respirar a deles.

Criar para o mundo. O que isso seria? Suponho que minha mãe me criou “para o mundo,” sempre me dando asas. Saí de casa aos 14 anos e aos 18 saí do país. Fui conquistar esse mundão para o qual ela me criou. Mas a verdade é que eu nunca deixei de ser dela. Um pedaço dela. Um produto dela. Tão dela que mesmo com mais de 30 anos, eu ainda preciso que ela pause a vida dela por mim. E ela pausa. Passa 2, 3 meses aqui, vivendo minha vida. Ela pausa com a generosidade de quem é acostumada a pausar e doar e amar e amar e amar.

Então eu penso, enquanto tomo meu café com lágrimas e amargo as saudades que sinto da minha mãe, que filhos não são do mundo. Nossos filhos são nossos! Eles vieram da gente e voltam pra gente de novo e de novo. Mesmo estando longe, eles são nossos. Nossos pedaços. Nossos produtos. Os produtos de todas as nossas pausas. Porque é na pausa que fortalecemos o vínculo, é na pausa que construímos as memórias. É no pausar da vida, nesse incessante viver pelo outro, em meio as dores e sacrifícios que, como mulheres, muitas vezes nos vemos plenas; e mais do que isso, nos vemos mães.

Anúncios

18 comentários em “Os Filhos e o Mundo

  1. Obrigada por compartilhar seus textos maravilhosos, não é a primeira vez que lhe escrevo isso. Mas imagino que tao bom quanto me faz bem ler seus textos, é saber o quão bem seus textos nos faz. Continue.
    UM beijo

    Curtir

  2. Ohh que maravilha de texto! Obrigada por compartilhar suas lindas emoções, que por sinal mexeram tanto comigo que me levaram as lágrimas!! Lágrimas alegria é claro 🙂

    Curtir

  3. Que texto mais emocionante, obrigada por compartilhar. Já virei fã! Beijos de uma outra me brasileira vivendo nas terra do tio Sam durante
    uma das várias pausas pra mamada da madrugada (enquanto minha mãe dorme no quarto ao lado com meu mais velho durante uma das várias pausas que ela faz por mim e por nós!) ❤

    Curtir

  4. Muito lindo seu texto!! Recebi via whats com autoria desconhecida. Compartilhei num grupo de maternagem e uma das mães detetives achou seu blog! Não sei porque ainda tem gente que não dá as devidas autorias, uma coisa linda desta tem que ser compartilhada com os devidos créditos. Vc arrasou!

    Curtir

  5. Recebi de uma amiga que não sabia quem era a autora, vim pesquisar e te achei!
    Suas palavras vieram ao encontro do que acredito plenamente.
    Hoje vivo a história das “assas”, do “para o mundo” com meu filho mais velho que acabou de fazer 18!
    O pequeno de 6 anos ainda está mais agarrado, mas independente da idade, eles são meus.
    E estarei ao lado, de cada um, deixando o meu “pedaço” para sempre!
    Parabéns pelo lindo texto!
    Ah! Já sai compartilhando para o mundo!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s